Apple planeja trazer de volta modo de impressão digital

0
13

O novo iPhone vai ser anunciado pela Apple na terça-feira (10), mas a Bloomberg informa que a empresa já trabalha em uma tecnologia de autenticação de impresão digital na tela — semelhante às usadas por Samsung, One Plus, Huawei e outros fabricantes de dispositivos Android. Isso pode significar um retorno do modo Touch iD: assim, em conjunto com o Face iD, a marca vai oferecer aos usuários de iPhone duas opções de desbloqueio rápido do aparelho. 

A reportagem da Bloomberg tem informações semelhantes às divulgadas em agosto pelo analista Ming-Chi Kuo. Segundo ele, a Apple está disposta a trazer de volta o sensor de impressão digital e fazê-lo funcionar em conjunto com o reconhecimento facial. Apesar de a tecnologia já estar em teste, tanto internamente quanto entre os fornecedores, Kuo acredita que ela só estará disponível em 2021. 

“Os fornecedores provaram sua capacidade de incorporá-la nos iPhones, mas a empresa ainda não conseguiu produzi-la em massa”, diz a Bloomberg. Apesar da previsão de Kuo, a expectativa é de que essa integração esteja pronta já em 2020, ano em que a Apple planeja lançar o novo iPhone SE, com custo mais baixo e tela de 4,7 polegadas.

Os leitores de impressão digital no display da Apple permitiriam pressionar “uma grande parte da tela” durante a autenticação. As primeiras gerações desses sensores incomodaram alguns usuários por terem áreas muito pequenas, o que resultava em várias tentativas frustradas de desbloquear o iPhone. Esse pode ser mais um desfio para a marca, se ela quiser garantir que a futura integração entre os dois modos de desbloqueio ocorra sem aborrecimentos e, quem sabe, esteja disponível em 2020.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui